Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Caminho do meu Bem-Estar

Objectivo: Gostar de mim. A nível físico, psíquico e social. Vai ser uma viagem e tanto!

Irra, Semaninhas Complicadas!!!

03.07.20 | Natacha

exhausted-5184177_640.png

Nas últimas três semanas...

Recta final das aulas do filhote, uma remodelação na cozinha e o marido com uma infecção brutal devido a um caroço gigantesco no rabiosque, seguida (ou em simultâneo, já nem sei bem) de uma suspeita de covid . Tudo nas últimas três semanas... Foi a loucura total. Para além disto tudo, claro que foi preciso gerir a casa, fazer as refeições, baixar a ansiedade do miúdo por ver o pai doente (que é raro acontecer, daí também o stresse algo desproporcional em toda a família) e ainda ajudá-lo a gerir a entrega dos trabalhos finais nas várias disciplinas.

Felizmente acabou tudo bem, o marido não tem covid nenhum (foram efeitos dos antibióticos / infecção), a infecção está ultrapassada e o filhote passou o ano e acabou a subir as notas quase todas.

Hoje consegui finalmente respirar e parar um bocadinho para analisar o efeito disto tudo na minha pessoa... E não foi bonito. Então, em retrospectiva, posso dizer que tive dores de cabeça quase permanentes durante pelo menos duas destas três semanas, dei por mim a tremer que nem varas verdes até quando estava deitada, dormir foi assim como que uma miragem, algo que ocorreu quando o cansaço já era de tal ordem que, se fosse preciso, até adormecia encostada a uma parede (sim, aconteceu); ou seja, quando me deitava para dormir, por mais cansada que estivesse, por mais sono que tivesse, a cabeça não parava em volta de todos estes acontecimentos e não conseguia adormecer, parecia que tinha palitos espetados nos olhos, o que, obviamente, piorou ainda mais o meu estado de ansiedade e não só. Tive alturas em que se me perguntassem o meu nome, juro que não saberia responder.

Pois, parece enredo de filme... Mas não, aconteceu mesmo (acho que estou a tentar convencer-me a mim própria). Agora... Quero dormiiiiiiiiiiiir; só quero cair à cama e dormir o fim de semana todo, embora o mais provável seja acordar amanhã às 7h da manhã; mesmo assim, já será um grande progresso . E pôr estas últimas semanas para trás das costas. E recomeçar mais uma vez a olhar/cuidar de mim. Só não sei por onde recomeçar, parece que estou aluada, pseudoanestesiada, sei lá. Mas amanhã, depois de dormir - espero eu - logo vejo o que fazer.

 

1 comentário

Comentar post